Na rede estadual, aulas voltarão de forma não presencial

Secretário Alan Porto destaca que a SEDUC está com infraestrutura preparada para atender os alunos e os profissionais tanto de forma não presencial como na híbrida.

Foto: Michel Alvim – SECOM-MT

O Governo do Estado decidiu retomar as aulas de forma não presencial a partir do dia 08 de fevereiro. Foi levado em consideração o aumento nos casos do COVID-19, e uma avaliação dos pais e profissionais da Educação.

A decisão foi tomada para preservar a saúde dos profissionais da Educação e as famílias dos alunos, em decorrência do aumento no número de casos da doença no Estado e a ocupação dos leitos de UTI”, destacou o governador Mauro Mendes.

Toda segunda-feira será avaliado a curva epidemiológica para saber se os casos estão aumentando ou diminuindo, dependendo do resultado a SEDUC vai analisar se as aulas vão permanecer de forma não presencial ou se muda para híbrida (em que intercala alunos estudando de forma presencial e a outra parte de forma não presencial).

Em Mato Grosso tem mais de 700 escolas estaduais, 40 mil profissionais da educação e 380 mil alunos.