A mulher contou aos policiais que foi ameaçada e agredida pelo marido e sogro. Sem pensar, ela pulou do carro em movimento para pedir ajuda dos policiais.
 Foto por: PMMT
Foto por: PMMT

Policiais militares do Núcleo de Gaúcha do Norte (a 595 km de Cuiabá) prenderam neste domingo (13.12), dois homens por ameaça e agressão, na zona rural da cidade.

A denúncia descrevia um homem em uma caminhonete efetuando disparos de arma de fogo em uma avenida, na área central. Com a identificação do suspeito, os policiais saíram em diligência.

Na casa do denunciado, as portas e janelas estavam abertas, mas nenhum morador foi encontrado. Os agentes seguiam até a propriedade rural e perceberam o seu pai em um veículo em alta velocidade. Ao perceber a presença da viatura, o motorista entrou em uma área de mata.

Logo em seguida, uma mulher sai do matagal gritando por socorro. Ela estava abalada e com hematomas pelo corpo e ferimentos na boca que sangrava muito.

A mulher disse que era esposa do homem denunciado de ter atirado no centro da cidade. Contou que estava com ele durante a situação e que teria sido agredida.

Ela descreveu que seguiam para a fazenda da família quando no caminho encontraram o seu sogro que estava em outro carro. Ela passou para o outro veículo e seguiram em outra direção.

Durante o trajeto, o homem também a agrediu e ainda tentou enforcá-la. Ao ver a viatura, sem pensar, pulou do carro em movimento e pediu ajuda dos policiais.

Os dois homens foram detidos em seguida, ambos estavam alcoolizados. Em um dos veículos, os policiais encontraram R$ 14.624,00 em dinheiro e um coldre de pistola. A arma usada, não foi localizada.

Maricelle Lima Vieira | PMMT