Terça, 18 de Janeiro de 2022
29°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

Polícia Agressivo

Vereador amarra esposa e a arrasta pelo terreno

Câmara não irá se manifestar por enquanto

29/09/2021 às 23h07
Por: Redação Fonte: Luis Felipe Fernandes
Compartilhe:
Foto da internet
Foto da internet

Um vereador foi preso na última terça-feira (28/09) após tentar matar a própria esposa.

 

Segundo a Polícia Civil de Serranópolis de Minas-MG, o marido amarrou a companheira em uma árvore e ainda a arrastou por um terreno de terra. A perícia confirmou que a mulher ficou com marcas no pescoço e arranhões nas costas por conta das agressões.

 

“Ele pegou a corda e puxou eu aqui e passou a corda aqui [diz apontando para uma árvore]. Eu falei: me solta, moço, solta, não me mata não”, disse a mulher.

 

O delegado que conduz a investigação, fala que as agressões foram motivadas por ciúmes.

 

 “Ele proibiu que ela acessasse a rede social Facebook e, tendo em vista que ela não obedeceu suas ‘ordens’, ele amarrou essa senhora em uma espécie de enforcamento, pendurando ela em um pedaço de pau, uma árvore. Posteriormente, ele arrastou ela pelo chão do terreno", falou o delegado André Brandão.

 

 A Câmara de Vereadores informou que não vai se manifestar por ainda não ter conhecimento dos fatos.

 

Nesta quarta-feira (29/09), em depoimento à polícia, o vereador Adva Avelino da Silva (PSD) disse que agiu para se defender, já que a mulher teria tentando esfaqueá-lo. O delegado não acredita que essa versão seja verdadeira. O parlamentar afirmou ainda que os arranhões que a esposa tem nas costas são decorrentes de uma queda quando ele a amarrava.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.